Together Forever.

Daisypath Anniversary tickers

27 de abril de 2010

Por que eu dou importância a coisas pequenas.

Ora, meu coração é sim peludo e capta tudo o que você faz ou diz para poder usar contra sua pessoa mais tarde.
Não que eu seja nociva, mas sabe quando alguém diz uma coisa que fica difícil de engolir? É assim que eu sou. Capto pequenas falhas em pessoas que tem o costume de agredir as outras e assim revidar.
Agora julgue você a partir destes fatos: Todos os dias eu venho trabalhar de bicicleta. Não sinto falta de carro a menos que chova. Não vejo a necessidade de usar qualquer outro meio de transporte, pois moro perto o suficiente para vir pedalando.
Aqui na firma tem um joselito que mora tão perto ou mais do que eu. Esse joselito é cuidão da vida alheia que só. Já briguei com ele por alguns motivos torpes, cortei relações mas o cara não está nem aí. Sempre se acha no direito de especular a vida dos outros. Esse cara vem a pé e tem um fusca. Tanto eu como ele passamos pelas mesmas ruas até chegar aqui.
Hoje coincidiu de eu vê-lo a pé e ele me viu de bicicleta. Lá pelas tantas ele vem me amolar:
- Escuta, você vem de bicicleta todos os dias?
- Sim.
- Por que você não compra uma motinha. Não é cara a prestação.
- Eu não tenho carteira.
- Ah, é verdade... teu problema é a carteira, né? O que aconteceu que aquela vez você não tirou a carteira?
- Prefiro não comentar...
- Mas e aquele Chevetinho cor de bosta? Você ainda tem ele?
- Sim. Está na minha casa.
- E por que não vende aquela merda pra tirar a carteira.
- Por que a merda é minha e eu faço dela o que eu quiser.

Depois disso, a conversa começou a ter palavras de baixo calão. Segundo a pessoa, eu tenho problemas psicológicos. Tenho mesmo. E temo que um dia possa a virar uma crise psicotica e eu venha a agredir terceiros, a começar por ele.
Agora penso comigo e tento descobrir uma boa razão pela qual algumas pessoas deixam de cuidar da própria vida pra amolar a paciência dos outros dessa forma.
Deu vontade de bater nele, mas o Estatuto do Idoso protege. E quero saber também em quê um Fusca é melhor que um Chevette.
Depois que nego apanha, quem bateu é que é ruim...

4 comentários:

Cécil disse...

Ai flor, então...eu tenho carteira, que está vencida há 2 anos e se eu irigi umas 10 vezes foi muito...tb tive um chevette preto, depois que meu pai trocou ele por um Uno, nunca encostei um dedo...quem dirige é o meu irmão e o Manoel...

As pessoas vivem me cobrando pq eu não dirijo (e eu me cobro muito mais) mas ultimamente faço de conta que não escuto e pronto...se alguém me enche mto o saco só revido com a seguinte pergunta..."VC PAGA AS MINHAS CONTAS?" Nãããão?!?!?! ENTÃO NÃO TE DEVO SATISFAÇÃO...

Pronto!!!

Noiva ZY disse...

Olá, nossa amiga, que cara chato, ninguem merece pessoas desse tipo, também não suporto, e não seguro a lingua, falo mesmo!! bjcas e ótima semana

Vivi e Fê disse...

ai eu só venho aqui pra rir, e o pessoal aqui do escritório fica pensando que eu que sou a louca !


Ai adoro isso aqui !

Beijos !!!

Deise disse...

Nossa amiga vc é mesmo perseguida por idiotas.
Acho q vc tem um imã que atrae essas pessoas rsrs.
Ninguém merece,mais ainda bem q vc tem a resposta na ponta da língua.
Meu sogro tem um Chevette branco faz 17 anos que ele tem esse carro (pocuo né)?rs

Beijussss pra fututa titia virtual do meu futuro bebê.rs
Pode deixar que vou avisá-la qdo der positivo,mais acho q ainda vai demorar uns mêses